Imprimir Postagem
Conselheiros Tutelares foram eleitos para mandato de quatro anos

Os eleitos assumem em janeiro de 2020 e trabalharam em regime de escala que será atribuída e fiscalizada pelo CMDCA e Ministério Público da Comarca de Mirassol.

Da Assessoria.

No dia 06 de outubro, eleitores balsamenses foram as urnas escolherem os conselheiros tutelares da cidade para o mandato de quatro anos.
Segundo João Manoel Fonte, presidente do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes), 1.401 pessoas votaram nos candidatos que estavam aptos para o pleito, elegendo cinco deles, que foram: Cláudio Mineiro com 293 votos, Tuti com 284 votos, Beatriz com 276 votos, Márcia com 181 votos e Nathiely com 153 votos. Professor Marcos e Rogério ficaram na suplência, caso haja desistência de algum eleito e cobertura de férias.
O conselheiro tem diversas atribuições que amparam a defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes e é exatamente por isso que a escolha é atribuída à própria população, mas engana-se quem acredita que qualquer pessoa pode se candidatar. "O processo, apesar de ser democrático no voto, é rigoroso e exige que os candidatos passem por provas dissertativas do CMDCA e testes psicológicos para se tornarem aptos para a eleição", explicou o professor João Manoel.
Os eleitos assumem em janeiro de 2020 e trabalharam em regime de escala que será atribuída e fiscalizada pelo CMDCA e Ministério Público da Comarca de Mirassol, principal defensor do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Comentários

Indique para um amigo

Use este formulário para indicar esta postagem para um amigo.

 Digite o texto no campo abaixo.

Mais notícias sobre Cidade