Imprimir Postagem
Jovem balsamense entra para equipe de basquete do Monte Líbano Rio Preto

Gustavo Ferreira Inácio, 16, entrou para a equipe de um dos clubes mais tradicionais do Brasil em diversos esportes.

 

Por Rodrigo Cencil Borghezan.

 

O sonho de ser jogador é algo que move os esportes para frente, o sonho de ser importante para a equipe, de fazer um gol, uma cesta ou um touchdown em uma final de campeonato, todos têm seus sonhos e milagres. Para sonhos e milagres se realizarem, durante o caminho é necessário estar focado nos objetivos, de alçar vôos mais altos sempre.

E em Bálsamo, um de nossos atletas parece estar alçando um vôos altos neste momento, no basquete. Gustavo Ferreira Inácio, 16, entrou para a equipe do Monte Líbano de São José do Rio Preto. Um dos clubes mais tradicionais do Brasil em diversos esportes, principalmente no basquete.

O Clube Atlético Monte Líbano, com sua sede na cidade de São Paulo teve grande dominância no basquetebol nacional e internacional, sendo cinco vezes campeão brasileiro entre 1982 e 1987, tricampeão paulista no mesmo período, e principalmente bicampeão seguido da América do Sul no biênio 85-86, alcançando o vice campeonato mundial de 1985. Ele nos conta o que está achando desta experiência.

Quando perguntado sobre como entrou para o time, respondeu: "Existe um projeto dentro do clube que é chamado 'Encestando um Sorriso', onde quem não é sócio do clube consegue fazer o treino gratuitamente, somente conversando com os técnicos e foi ai onde tudo começou".

Também comentou sobre suas novas experiências e como está sendo a adaptação dentro do clube.

"Sinto que eu estou melhor, mas como eu treinava sozinho, o processo de adaptação ao treino de um clube é um pouco demorado, mas eu sinto que continuando na mesma intensidade de trabalho eu posso melhorar ainda mais. Os treinamentos são muito diferentes de tudo que já treinei, confesso que ainda sinto um pouco de dificuldade por ser uma mudança drástica, mas estou amando e acredito que com os treinamentos eu consigo melhorar o meu jogo umas cem vezes mais".

E, por fim, falou sobre seu maior sonho no esporte: "Eu pretendo evoluir até chegar a um nível profissional".

E assim os jovens de nossa cidade continuarão a sonhar, sempre com os objetivos em vista, à vontade para vencer e tornarem-se inspirações para mais sonhos de jovens num futuro não tão distante.

Parabenizamos o Gustavo e esperamos que ele possa chegar à conquista deste sonho e levar o nome de Bálsamo para o basquete profissional.

Comentários

Indique para um amigo

Use este formulário para indicar esta postagem para um amigo.

 Digite o texto no campo abaixo.

Mais notícias sobre Esporte e Lazer