Imprimir Postagem
“Paixão de Cristo” emociona fiéis em Bálsamo Cerca de 5 mil pessoas acompanharam o espetáculo, entre elas Dom Antônio Emídio Vilar, novo bispo de Rio Preto.

A madrugada da Sexta-feira Santa foi marcada por fortes emoções e muita fé em Bálsamo. Depois de dois anos, o grupo de teatro Caminhada com Jesus voltou a realizar a encenação da Paixão de Cristo, cancelada em 2020 e 2021 por conta da pandemia do Coronavírus. Cerca de 5 mil pessoas acompanharam o espetáculo, entre elas Dom Antônio Emídio Vilar, novo bispo de Rio Preto.

O teatro começou no palco da Praça da Matriz, onde foram montados quatro cenários: o Templo dos Sacerdotes, o Palácio de Herodes, o Orto das Oliveiras e o Palácio de Pilatos. Após as primeiras cenas no local, atores e público seguiram em procissão para o cruzeiro do município, em um percurso de 4 quilômetros, que representou a Via Crucis.

Ao todo, cerca de 100 voluntários trabalharam na encenação. Eram aproximadamente 90 personagens e pelo menos 10 colaboradores envolvidos nos bastidores.

Pela primeira vez, Jesus Cristo foi interpretado pelo gerente de logística Ronaldo Parra, de 27 anos. Vários outros personagens também foram interpretados por novos atores amadores, todos de Bálsamo.

“Foi muito emocionante a retomada da nossa encenação. É uma benção viver a Semana Santa com toda intensidade, como sempre vivemos. E a presença do bispo Dom Vilar foi um presente de Deus para nós!”, afirma a organizadora Mariana Delfino.

O padre de Bálsamo, Geraldo Fernandes Neto, acompanhou toda a preparação e também esteve presente no evento. “A encenação é uma forma de vivenciarmos mais profundamente a espiritualidade da paixão e morte de nosso Senhor Jesus Cristo, que é razão e centro da nossa fé", explica.

A produção deste ano contou com recursos da lei federal Aldir Blanc, que prevê auxílio ao setor cultural.

História.

Essa foi a 34ª Caminhada com Cristo de Bálsamo. A primeira delas ocorreu em 1986 e contou com a participação de apenas 27 pessoas. Na ocasião não havia o teatro, nem qualquer tipo de som, a não ser o das orações dos cristãos.

Com o passar dos anos, a caminhada foi reunindo um público cada vez maior. Em 1997, um grupo de atores amadores decidiu realizar a primeira encenação da Paixão de Cristo. Desde então, o evento se tornou uma tradição em Bálsamo, atraindo milhares de fiéis da região todos os anos.

Comentários

Indique para um amigo

Use este formulário para indicar esta postagem para um amigo.

 Digite o texto no campo abaixo.

Mais notícias sobre Cidade