Prefeito Du Lourenço decreta luto oficial de 3 dias pela morte do ex-prefeito Venerando Vinha, o Nato

Da Assessoria

Corrêa Netto

 

 Morreu em leito doméstico na manhã desta quinta-feira dia 25 de janeiro de 2018, aos 95 anos de idade na cidade de Fernandópolis, onde residia desde 1988, o ex-prefeito de Bálsamo Venerando Vinha, conhecido por Nato. Era casado há quase 70 anos com a senhora Isabel Pansani Vinha, com quem teve as filhas Shirlei, Luzia, Marilene, Léia, Isabel e Sidnei e o filho José Luiz; deixa netos e bisnetos. O corpo do ex-prefeito foi velado desde as 13h00 do dia 25 com sepultamento marcado para as 09H00 do dia 26 do corrente mês no cemitério municipal de Fernandópolis.

Por tudo o que representou para Bálsamo, o  prefeito Du Lourenço decretou luto oficial no município por 3 dias através do Decreto 1.943 de 25 de janeiro de 2018, publicado no Livro de Registros de Decreto nº 16, Fls 033.

Venerando Vinha foi prefeito substituto de Bálsamo em três breves períodos de tempo, 21/09/65 a 20/01/66, de 22 a 23/06/66 e 24/07/66 a 31/12/66,  substituindo o titular do cargo, João Soares Geraldes, eleito para governar de 1º de janeiro de 1963 à 31 de dezembro de 1966 e que se licenciou durante os períodos citados.

Dos feitos que marcaram a sua passagem no poder executivo, Venerando Vinha juntamente de João Soares Geraldes, inaugurou um dos mais importantes melhoramentos para a cidade: O abastecimento de água, também foi um dos fundadores do Clube Recreativo e Esportivo Balsamense, o "CREB", fundado em 1957 e teve grande importância na história cultural da cidade, foi uma pessoa de grande destaque na história cultural, social, econômica e política da cidade. ele também se licenciou nos últimos 30 dias de seu mandato, assumindo a prefeitura o presidente da Câmara da época,  João Ruiz Lourenço, que deu início ao serviço de pavimentação asfáltica da cidade ainda em 1966.

Comentários